krewelladaily:

Me on Molly

(via mimundosuicida)

Fonte: krewelladaily

(via lamina-no-pulso)

Fonte: revejo

ZoomInfo
ZoomInfo

Minha história de amor

Ela gosta dele já fazia um tempo, nove meses para ser mais preciso. Eles não tinham nada serio, se gostavam, todos sabiam menos eles. Houve um momento em que a dor da distancia os fez ver que esse caso de amor não iria para frente, então sem dó, ele parte o coração da jovem apaixonada com o velho discurço que mesmo sincero, doia de ouvir: “Não vamos dar certo, não é você e nem tem outra, é a distancia”.
Uma noite dessas entre indas e vindas de suas bebedeiras, a jovem apaixonada de coração manchado e machucado, disca pra ele de um telefone publico na esquina do bar pé sujo que passou a freguentar desde que tudo acabou. O telefone toca, toca, toca e finalmente ele atende com uma voz de odio porém pareceia ser dela ou por ela, com lagrimas nos olhos, garganta doendo, mãos tremendo, tomou coragem e perguntou: “Como vai sua amiga?” notando o ciumes na voz amargurada e embrigada da jovem, ele responde: “Vai bem, estamos pensando em namorar”. A cada palavra seu coração disparava, suas mãos gelidas e seu rosto palido não queria acreditar no que ouvia, ignorou cada virgula do discurso e voltou para casa trocando os pés pelas mãos, sozinha numa noite chuvosa, bebada com seu cigarro queimando dentre seus dedos, que patetico, pensou.
Três semanas se passaram, outros caras ja haviam passado na vida dela mas, não superou por completo seu amor rejeitado e agora faltam sete dias para o reencontro, ele não se lembra disso ou apenas não se importa, tanto faz.” A cada foto passada da biscate na rede social, tem um like dele e em cada pedaço do meu dia, tem uma parte dele”, pensou enquanto se servia mais um drink e seu cigarro queimava no cinzeiro.

Reorganizar

Como se organiza algo que está bagunçado a quinze anos? A partir do momento que está tudo uma bagunça é preciso começar do zero como se nada tivesse acontecido, mas será que é possível? Nada é impossível, tudo tem jeito menos a morte.
Começar de novo do mesmo ponto que parou não é tão fácil quanto arrumar um armário bagunçado ou um quarto desarrumado mas é bem parecido. Notas baixas podem melhorar, atitudes e posturas podem ser mudadas, velhos amores podem ser superados. Como eu disse, tudo tem jeito, basta erguer a cabeça e seguir em frente e lembre sempre, continue a nadar.

"Me sinto só, mas quem é que nunca se sentiu assim?"
CPM 22   (via errografa)

(via lamina-no-pulso)

Fonte: sistematizou

"A emoção acabou, que coincidência é o amor, a nossa musica nunca mais tocou."

(via acumulou)

Fonte: PIXEL-COLORS

"Talvez eu não seja uma pessoa boa o suficiente para alguém se apaixonar."
Os porquês de Amélia Roswell.  
(via animicida)

(via entre-luz-e-sombras)

Fonte: animicida

(via feelsmccall)

Fonte: alohals

-